quinta-feira, 12 de março de 2009

Café com Coca-cola

Sempre dormi pouco por opção... Gosto de ficar acordada naquele horário em que todos estão adormecidos. Me sinto de certa forma superior aos mortais que dormem no mesmo dia em que acordaram. É como se a madrugada me trouxesse algo a mais... Aquele horário mágico em que os telefones não tocam (ou não deveriam tocar), em que a gente não se sente culpado por estar administrando frescuras... Em que somos donos dos nossos minutos...
Porém, nos últimos dias, por estar envolvida em um projeto novo, as horas de sono viraram artigo de luxo por necessidade e não mais por opção.
Resolvi, então, experimentar a "fórmula da insônia", a conhecida combinação do café com coca cola.
Ruim, muito ruim... Uma tontura que dá em gente fresca, mas que logo passa... O cansaço não foge, mas os olhos ficam alertas como escoteiros no meio do mato.
Viva a cafeína!!!


A Cafeína


A cafeína é um composto químico, classificado como alcalóide, pertencente ao grupo das xantinas, além de atuar sobre o sistema nervoso central, aumenta a produção de suco gástrico, decorrente da alteração metabólica ocasionada pela mesma. Devido ao estímulo do sistema nervoso, a cafeína favorece o estado de alerta.

A cafeína é a droga mais consumida no mundo e é encontrada em uma grande quantidade de alimentos, como chocolate, café, guaraná, cola, cacau e chá-mate, é possível encontrá-la também em alguns analgésicos e inibidores de apetite. O valor nutricional da cafeína está ligado apenas ao efeito excitante.

Em excesso, a cafeína pode ocasionar alguns sintomas como irritabilidade, agitação, ansiedade, dor de cabeça e insônia.

Devido ao estímulo acima mencionado que esta droga proporciona alguns efeitos comprovados, como aumento da atenção mental, aumento da concentração, melhoria do humor, diminuição da fadiga.

Segundo estudos dez gramas, em média, de cafeína é uma dose letal para o homem, e em uma xícara de café são encontrados cem miligramas de cafeína.

Apesar de ser utilizada para solucionar problemas cardíacos, ajudar pessoas com depressão nervosa decorrente do uso de álcool, ópio, a cafeína é uma droga que causa dependência física e psicológica, uma vez que para estimular o cérebro utiliza os mesmos mecanismos das anfetaminas, cocaína e heroína. Os efeitos da cafeína são mais leves, porém manipula os mesmos canais do cérebro, uma das razões que pode levar as pessoas ao vício.

Patrícia LopesEquipe Brasil Escola

2 comentários:

  1. é verdade fiz isso , mais só bebi dois goles é muito ruim , mais pra compensar fikei acordada a noite toda (:

    ResponderExcluir
  2. e muito bom coca-cola com cafe praa nao dormir.na semana de prova da faculdade tenho que fica a noite toda estudando.e so toma um copo dessa mistura que o sono passa .eu uso e recomendo. estudantes de todo o Brasil pode toma que funciona .
    =*

    ResponderExcluir